Passo a passo como iniciar um Podcast

Vamos começar uma nova série onde vou descrevendo passo a passo de como iniciei o TostadaCast, não com textos técnicos, mas com crônicas. O que vou escrever aqui são coisas que eu fiz e estou fazendo nesse momento, a princípio não recomendo que sigam exatamente o que eu digo, mas pode ser uma boa aprender com meus erros e acertos. Feito o disclaimer “Se tu fizer merda a culpa é tua e não poderei te ajudar, mal sei crackear The Sims”, vamos lá.

Querido diário…. hehe

Antes de começar, acho que a pergunta mais óbvia é porque decidir fazer um podcast? No meu caso a resposta é simples, mas infelizmente não tenho ela agora. Enfim…

E uma dica. Meu irmão, comece fazendo tudo de graça, não vai sair pagando por coisa que tu nem sabe para que serve. A pirataria internet está aí para isso.

Passo 1 – Comprei um domínio

Simples, entrei no RegistrosBR e paguei a bagatela de 57 reais por dois anos do endereço www.tostada.com.br. Você não precisa pagar por isso assim que começa com o site, mas, me contradizendo no menor espaço entre caracteres possível, achei melhor pagar. Já tentei diversas maneiras de me motivar para iniciar projetos e, sem sombra de dúvida, investir dinheiro é sempre a melhor delas. Além do mais ficar na barra de busca com .blogspot e .wordpress é um atestado de .soufudido e o que queremos é iniciar com credibilidade e mínima garantia de continuidade.

Passo 2 – Decidi que plataforma usar

Plataforma. Pla-ta-for-ma. Bela palavra. Dá conhecimento e know how técnico para quem a fala. Depois falaremos sobre o uso de know how em itálico também. Voltando, o Tostada ( sempre bom lembrar)  está no WordPress. Já tinha alguma experiência com ele e acho que desses “sistemas de gerenciamento de conteúdo”é o mais fácil de usar. Pelas minhas pesquisas vi que ele tem as melhores opções de ferramentas para podcasts. A versão free é bem caquética, não pode usar plugins e… é isso, não lembro mais o que não pode. Conheço gente que já fez pelo blogspot também e ta aí, vivo, saudável, sorriso no rosto… Meu conselho é usar aquilo que tem mais gente usando, porque muito possivelmente é o que terá mais tutoriais disponíveis para imbecis como nós. “Como mudar a foto do Facebook?”quem nunca.

Adendo Passo 2 – Se você já tem um domínio você precisará pagar para migrar ele para o wordpress. Eu, garotinho juvenil, inseri os 3 dígitos mágicos do meu código de segurança e 13 dólares (x4 reais na era Dilma 2016.1) foram arrancadas de mim. Dá uma procurada em sites de hospedagem (assunto que falaremos mais pra frente) antes de fazer essa merda que eu fiz ou pagar a anuidade dos planos que o wordpress oferece, eles tem opções melhores e mais baratas para fazer a migração e, inclusive, compra de domínios.

Por enquanto é isso, vou atualizando conforme as coisas forem acontecendo. AGORA VAI ESCUTAR ESSA PORRA QUE DÁ TRABALHO PRA CACETE!

Um beijo, te cuida, ora bastante, lê a lição, estuda e até breve.